sábado, 30 de janeiro de 2010

Vatos Esporte: Anatomia de uma Largada !

Bem sabemos que este é um blog voltado para a cultura. Mas se você é daquelas pessoas que pensam que cultura é somente música, teatro, dança e cinema vamos ver o que a wikipédia nos diz sobre cultura:
"Cultura (do latim cultura, cultivar o solo, cuidar) é um conceito desenvolvido inicialmente pelo antropólogo Edward Burnett Tylor para designar o todo complexo metabiológico criado pelo homem.São práticas e ações sociais que seguem um padrão determinado no espaço. Refere-se a crenças, comportamentos, valores, instituições, regras morais que permeiam e identificam uma sociedade. Explica e dá sentido à cosmologia social; É a identidade própria de um grupo humano em um território e num determinado período."
Portanto, agora que já sabemos o porque do post esportivo neste blog, vamos a ele:

A Coluna Fora do Eixo esteve hoje em Sabará, terra do coletivo Forceps para mais uma etapa desta importante ação que também, teve a presneça dos coletivos Semifusa, Pegada e, claro, Vatos. Na carona de volta para a capital mineira, onde pegaria a "conexão" terrestre para Vespasiano, comentei com Talles Lopes, do Goma de Uberlândia, sobre os novos carros da F1. E tive a ótima surpresa de que Pablo Capilé, coordenador nacional do Cirucito Fora do Eixo, também é um entusiasta deste esporte.
Chegando em casa, lendo o ótimo blog do Flávio Gomes, me deparei com este interessante curta sobre a F1, produzido pela estatal francesa ELF em 1985, sobre os momentos que antecedem uma largada. Este post, é uma maneira de marcar o dia de hoje.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Arte em Foco


O Coletivo Vatos, comunica que a partir de agora, contamos com um reforço do mais elevado quilate em nosso front de trabalhos. Marco Aurélio Prates,o fotógrafo, agora é Vatos e além de ajudar nas mais variadas demandas do coletivo, nos brindará com uma coluna neste blog, intitulada "Arte em Foco" sobre fotografia,suas artimanhas e nuances.Mas deixemos que ele mesmo faça sua apresentação:

"Sempre fotografei desde criança, mas foi a música nas pessoas dos meus amigos artistas que aproximaram as minhas lentes dos palcos da grande BH. Não sei tocar nada, nem um porco sequer! Talvez mal mal uma galinha, quando convém... Mas meus virtuosos amigos suprem qualquer frustração que eu possa ter por não ser músico! Fotografar palcos de música para os de teatro e dança foi uma reflexão da própria Luz. A fotografia me apresentou pessoas que como vocês, se tornaram hoje uma nova e grande família. Obrigado à Luz! Que ilumine nossos caminhos hoje e sempre! Abraço, Vatos Locos!"

Sim caro MAP !!! BienVenido Vato!!!
E como aperitivo, ele nos envia algumas photos-grafias sacadas no show mega phodástico que rolou ontem dentro da programação do Verão Arte Contemporânea 2010 onde quem foi assistiu a uma dobradinha de shows pra ninguém botar defeito: Dokttor Bhu & Shabê e Julgamento. Deleitem-se com as photos no slide show abaixo:


video

sábado, 9 de janeiro de 2010

Inscreva-se no Grito Rock Vespasiano 2010




Hey Puto Chingados !!!
Tem uma banda autoral ? Gostaria de tocar no maior festival integrado da América Latina?
Então não seja um "boludo", man !
Acesse o site do Toque no Brasil até o dia 15 de janeiro e inscreva-se no Grito Rock 2010 !
Lá você pode inscrever sua banda no Grito Rock de Vespasiano e em até mais 4 das mais de 60 cidades que realizarão o Grito Rock em 2010. Monte sua rota e coloque o pé na estrada.
Em Vespasiano, o Grito acontecerá no dia 17/02, quarta feira de cinzas. Serão disponibilizadas de 6 a 8 vagas e o festival será realizado na rodoviária da cidade, com entrada franca e grande estrutura de palco, som e luz, isto é, disponibilizaremos para a música independente a mesma estrutura das festas carnavalescas da cidade.
O Grito Rock Vespasiano 2010 é uma realização do Circuito Fora do Eixo com produção do Coletivo local, Vatos, e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Vespasiano através da Secretaria Municipal de Cultura.
Informações:
vatoscoletivo@gmail.com
(31) 8845.7455

Obs: Os Artistas,sejam eles nacionais, mineiros ou locais,que quiserem se apresentar no Grito Rock Vespasiano 2010 devem encaminhar sua inscrição exclusivamente através do site http://www.toquenobrasil.com.br/

Vinheta Oficial Toque no Brasil

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Toque no Brasil inaugurará uma nova fase de circulação no país



A ferramenta possibilitará que rotas, circuitos e contatos sejam mapeados. A inauguração do projeto será realizada nesta terça, dia 05, quando a rede social entra no ar com mais de 500 vagas para o Grito Rock 2010.

Imagine uma banda e/ou artista realizando uma turnê de vinte e dois dias, saindo de Fortaleza (CE) e chegando ao Rio Branco (AC) com dois days off apenas (dias livres, em português) e com um custo razoável. Imagine também essa mesma banda ou artista operando essa produção com o auxílio de um 'guia' da música independente, acessível a partir de um endereço online, onde o sujeito tem a chance, após a turnê, de tecer comentários sobre as rotas, sobre o atendimento dos locais, sobre o som, ou quaisquer outras informações que julgue pertinente compartilhar, construindo assim um grande banco de dados coletivo, capaz de promover trocas de impressões, experiência e garantindo mais facilidades para a realização de próximas turnês.

Pois bem, a compilação dessas duas imagens é a proposta de trabalho que o projeto Toque no Brasil inaugura com o seu lançamento, a ser realizado nesta terça-feira, dia 05 de janeiro, no endereço virtual www.toquenobrasil.com.br. O projeto é uma iniciativa pioneira no Brasil e tem como meta propor um novo conceito de agendamento de shows, circulação de artistas e turnês baseados em uma plataforma 100% virtual em sua negociação, que garantirá o mapeamento e acesso de artistas a circuitos e rotas brasileiras, construídas a partir da colaboração e contato direto dos usuários do sistema.

Fabrício Nobre, presidente da Abrafin (Associação Brasileira de Festivais Independentes), uma das entidades realizadoras da ação (ver relação completa abaixo), cita o SonicBids.com - site americado que conta hoje com milhares de cadastrados - para explicar as vantagens que a ferramenta brasileira promoverá no mercado da música independente nacional. "O SonicBids auxilia a negociação de mais de 60 mil shows ao ano. A idéia que é o TNB facilite do mesmo modo esse relação entre bandas, festivais, casas, coletivos e outros agentes interessados em se apresentar no Brasil". diz. "Lembrando que a ferramenta é apenas uma plataforma virtual de negociação, e que os esforços, tanto de investimento para a circulação e outros, deverão ser feitos pelos agentes envolvidos na transação e não pelo TNB", sublinha ele.


A Abrafin conta hoje com mais de 40 festivais associados, e conforme antecipa o presidente, vários deles disponibilizarão vagas via Toque No Brasil, onde também constará quais serão as condições de trabalho ofertadas, tais como cachês, receptivo e outros, que serão oferecidas aos artistas.

Além dos festivais, rede de casas de shows brasileiras chancelada pela Casas Associadas - outra entidade realizadora da ação - também já anunciou todo o empenho na garantia dos mais variados espaços, assim como o BMA (Brasil Musica e Arte) e o Circuito Fora do Eixo (ambas também entidade realizadoras), que contam, respectivamente, com contatos internacionais e com mais de quarenta coletivos espalhados nas mais diversas regiões brasileiras. "Com essa quantidade de espacos ofertados, será possível circular inúmeras rotas, de ponto a ponta do Brasil, durante todo o ano. Essa constância é uma das principais moedas da rede social, que facilitará o planejamento dessas açõoes como nunca vista antes no Brasil", analisa Talles Lopes, da Casas Associadas.

Para Pablo Capilé, do Circuito Fora do Eixo, essa é um uma ação de continuidade, de um planejamento que vem sendo realizado por todas esas entidades. "Com todos elementos já é possivel analisar a força que uma ferramenta dessas traz ao circuito da música independente nacional, deixando claro, obviamente, que não basta só se cadastrar, é preciso empreender", finaliza ele.


Rede Social - A lógica de rede social já é notória em virtude de exemplos como MySpace, Orkut, Twitter, Facebook, ou sites com foco específico em alguma atividade, como no caso do site de empregos Catho. A diferença entre esses citados e o TNB, no entanto, além do enfoque, é que no Toque no Brasil qualquer festival, casa de show, e/ou outros projetos de circulação poderão se associar, tornando-se, assim, um ponto de circulação no mapa geográfico virtual da rede. No caso do artista, esse poderá fazer as vezes de vendedor de shows e/ou mesmo de um avaliador dos espaços, produções e/ou outros pontos ali cadastrados.


Vale também destacar, que no TNB a negociação de shows é o vínculo entre seus usuários - seja contrante ou contratado - e em um futuro breve, essa negociação sempre poderá ser avaliada em um sistema de meritocracia - fácil de entender para aqueles que já utilizaram serviços como eBay ou Mercado Livre - onde a operação de compra e venda é avaliada por ambas as partes envolvidas no negócio. No caso do Toque No Brasil, contratados e contratantes serão incentivados a qualificar a produção de shows propiciada pela rede social. Alêm disso, o sistema garantirá acesso a contatos para bandas e artistas em geral.


Grito Rock 2010 - As primeiras vagas disponibilizadas pelo Toque no Brasil são promocionais e valem para o Grito Rock América do Sul 2010, que acontece em mais de cidades das cinco regiões do Brasil, além de 4 cidades na Argentina, na Bolívia e no Uruguai: Buenos Aires, Córdoba, Montevidéo e Santa Cruz de La Sierra. Inscrições vão de 5 a 15 de janeiro, são gratuitas e podem ser feitas no www.toquenobrasil.com.br . Vale destacar que só no Grito Rock, serão disponibilizadas mais de 500 vagas para bandas interessadas em circular a rede de festivais.

Versão 1.0 Beta - Esta primeira versão do projeto - lançado neste primeiro momento no idioma Português - traz um formulário de cadastro para que artistas efetivem suas inscrições para o Grito Rock 2010, bem como um sistema de cadastramento de eventos, festivais, casas de shows e outros pontos de circulação inscritos. Neste primeiro momento, o projeto enfocará o sistema de georeferenciamento, que primará por iniciar a construção da base de dados proposta pelo TNB. O sistema está sendo desenvolvido em parceria com a ferramenta portuguesa Mapa de Sala, projeto também colaborativo que tem como meta mapear salas de espectáculos em Portugal e Brasil. Em maio, uma nova versão do projeto será lançada, em formato trilingue.

Realizadores - O TNB é um projeto realizado a partir de uma parceria entre ABRAFIN (Associação Brasileira de Festivais Independentes), BM&A (Brasil Música & Artes - entidade conveniada à APEX), Circuito Fora do Eixo e Casas Associadas. Mais informações sobre os realizadores podem ser encontradas nos respectivos sites: www.abrafin.org; www.bma.org.br; foradoeixo.org.br e casas-associadas.blogspot.com.

Sérgio Ugeda, da BMA, destaca, no entanto, que o atual conselho gestor formado pelas referidas entidades está aberto para a entrada de outras entidades interessadas participar do projeto. Para isso é necessário que as propostas sejam enviadas ao e-mail toquenobrasil@gmail.com.



Modelo de sustentabilidade - Dez entre dez artistas e produtores que atuam no setor da música independente brasileira afirmam que uma das principais ferramentas de sustentabilidade do músico ou banda do mercado da música atual é o show.

Tomando como parâmetro o grande mercado da música, conforme matéria publicada em março de 2009 no site the View, mesmo com o mundo vivendo um período de crise econômica, o mercado de shows musicais apresentou um crescimento de 10% em 2008, movimentando cerca de US$ 25 bilhões (entre venda de ingressos, publicidade e direitos de imagem) durante o ano.

No Brasil, especialmente se tratando do setor da música independente, a curva ascendente referente ao surgimento de novos festivais é um atestando de como o mercado de venda de shows vem se ampliando. Para se ter uma idéia, dados da Associação Brasileira de Festivais Independentes revelam que mais de novecentas bandas se apresentaram nos festivais da associação no ano de 2008; e que de 25 festivais associados em 2008, a organização saltou para 40 ao final de 2009.

Com o desenvolvimento da cadeia produtiva do setor, a tendência é que esse mercado se amplie cada vez mais, consolidando a posição do TNB enquanto uma excelente ferramenta de prestação de serviços público com o foco no atendimento de produtores, artistas ae outros empreendedores atuantes no setor da música brasileira.

--

Mais informações
www.twiiter.com/toquenobrasil
toquenobrasil@gmail.com